Make your own free website on Tripod.com

Curso  de  Fisiopatologia  Aplicada  2003 

Se decoro, esqueço;

Se vejo, lembro;

Se faço, aprendo.

 

Ditado Chinês      

 

Da Filosofia que Permeia o Curso

  1. "Segundo a minha experiência, eu não posso ensinar algo a outra pessoa; o que se pode ensinar a outra pessoa pouca ou nenhuma influência significativa tem sobre o comportamento"

  2. "A única coisa que se aprende de modo a influenciar significativamente é um resultado de descoberta de si, de algo que é captado pelo indivíduo".

  3. "Um conhecimento desse tipo, desconhecido pelo indivíduo, essa verdade que foi captada e assinalada na experiência pessoal, não pode ser comunicada a outra pessoa".

  4. "Aquela pessoa que aprende está unicamente interessada, em continuar aprendendo".

 

Karl Rogers, psicoterapeuta que se dedicou à pedagogia e criou em Harvard University a "Didática não diretiva" acreditava que cada um tem capacidade e condição de encontrar soluções para suas dificuldades. 

 

Para ele, o aluno deve atuar sobre sua própria formação, como única forma de obter sua realização pessoal e profissional.

 

Depois disso, foi formatado o modelo PBL (problem-oriented learning), aprendizado orientado por problemas. Utilizamos PBL desde 1987. Uma série de pequenos aprimoramentos foram acrescentados a cada ano - sobretudo graças à colaboração de nossos ex-alunos, que foram incansáveis em nos informar em que estávamos seguindo o caminho certo e em que pontos necessitávamos melhorar. Após quase 15 anos, o resultado é o Curso de Fisiopatologia Aplicada 2001.

 

 

Dos Objetivos Gerais

Ao promover o XVIII Curso de Fisiopatologia Aplicada (Estudos em Fisiologia Patológica Aplicada à Prática Médica : Bases Lógicas para o Diagnóstico e Tratamento em Medicina Interna) estamos visando oferecer uma oportunidade na qual o indivíduo tenha condições de se informar aprofundadamente sobre os aspectos do funcionamento dos vários órgãos e sistemas, de treinar maciçamente suas habilidades no uso do conhecimento abstrato (Teorias, Idéias, Princípios) em situações clínicas concretas e de aplicar generalizações em situações novas e específicas.

 

Nenhum Estudante ou Profissional da Saúde se arrependerá de ter dedicado seu tempo, esforço pessoal e talento intelectual para a compreensão detalhada dos mecanismos pelos quais funciona o organismo doente. 

 

Seja qual for sua especialidade, você terá que tomar decisões que poderão atingir a saúde e até a vida das pessoas se acaso lhe faltar um compreensão total do que está fazendo.

 

A idéia que preside hierarquicamente este Curso, que absorve e relaciona muitos dos pontos expostos acima, é a concepção de realidade que entende a natureza artesanal da formação de Profissionais da Saúde, que o Momento Universitário não é apenas um meio de qualificação para o trabalho, mas a experiência de vida que desabrocha o lote de potencialidade que cada ser humano traz entro de si.

 

Cada indivíduo escreve sua própria História Pessoal que é expressão da progressiva tomada de consciência de si e do mundo, da longa elaboração de sua particular perspectiva histórica, da construção de uma identidade profissional e humana.

 

Queremos participar desse seu momento.

 

Dos Critérios de Exclusão

Será excluído do XVIII Curso de Fisiopatologia Aplicada, perdendo automaticamente o direito a fazer o Curso em outra oportunidade o aluno que:

 

1. Faltar, sem justificativa, a 3 aulas consecutivas

2. Faltar cumulativamente ao longo do Curso a 10 ou mais aulas não consecutivas

3. Tratar com agressividade ou descortesia colegas, monitores ou professores, em desacordo com as normas vigentes na sociedade

 

Do ponto de vista organizacional, considera-se como falta justificada aquela que é comunicada por escrito à Coordenação para afastamento das atividades do Curso por motivos de saúde (do aluno ou de pessoa de sua família que requeira especial), falecimentos, participação em Congressos ou viagem de estudo. Para abono da falta, o aluno deverá encaminhar cópia do atestado correspondente, que ficará arquivado em sua pasta.

 

A participação em cursos de curtíssima duração (jornadas de um dia ou mesmo 1 semana) não se constituem em justificativa para faltar às atividades do Curso, uma vez que o impacto de cursos dessa natureza é muito pequeno na formação efetiva do profissional da saúde.

 

Para acompanhamento dos estudos, será distribuída a cada aula lista de presença, sendo computada falta em dobro para os envolvidos caso ocorram tentativas de fraude (assinar por colega ausente), que é considerada falta grave.

 

A lista de presença ficará disponível para assinatura durante 20 primeiros minutos de aula, após os quais será recolhida e em nenhuma hipótese o aluno que não assinou neste período poderá fazê –lo em outra oportunidade.

 

Alunos aprovados no Curso de Fisiopatologia Aplicada poderão participar de outros cursos posteriormente; o aluno considerado reprovado ou excluído do Curso não poderá participar em nenhuma hipótese de qualquer outra versão do Curso.

 

Das Aulas Presenciais

Cada aula está dividida em três "momentos", cada um com sua estrutura e função específicas, seguindo o modelo PBL. Os 3 "momentos" são:

 

Primeiro: 

Aula Expositiva, ministrada pelo próprio Coordenador. Como o Programa é distribuído com a devida antecedência, espera-se que o aluno leia sobre o tema em estudo antes da aula (duração: 50 minutos);

 

Segundo: 

Aplicação de Questionário, construído a partir de contextos e casos clínicos (20 minutos);

 

Terceiro: 

Resolução e Discussão do Questionário de Avaliação Diária, visando reforçar compreensões e mostrar nuances que poderiam passar despercebidas numa abordagem superficial (duração variável).

 

Da Transferência de Vaga

O Processo de Seleção ao XVIII Curso de Fisiopatologia Aplicada é bastante criterioso, não sendo a vaga transferível sob qualquer pretexto.

 

 

Dos Certificados

Os Certificados serão emitidos pela Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal da Bahia. Nos Certificados de Conclusão de Curso constarão a Média obtida pelo aluno, a classificação (para os 10 primeiros colocados), o Programa de Curso e os Critérios de Avaliação (Presença e Nota).

 

Da Programação do Curso

Por "Programação de Curso" define-se a seqüência de aulas, com o respectivo tema e datas correspondentes. 

 

A Programação de Curso será entregue a cada um dos participantes no dia da Aula Inaugural. 

 

O detalhamento da matéria a ser abordada, denominada "Conteúdo Programático", está publicado (em versão reduzida) no site de Bioquímica Aplicada (http://www.geocities.com/bioquimicaplicada). 

 

A versão completa será igualmente distribuída na primeira aula.

 

 

 

Do Cronograma

Um número muito grande de indivíduos se candidataram ao Processo Seletivo. Isso implica em que teremos uma turma particularmente motivada neste ano. Significa também ser necessário maior cuidado no Processo Seletivo, para evitar injustiças. O calendário originalmente proposto teve de ser reformulado.

 

As Etapas a serem seguidas são as seguintes:

 

Inscrições/Reserva de Vaga

Até 17/11/2002

 

Entrevistas com os Candidatos

De 01/11/2002 a 20/12/2002

 

Das Avaliações ao longo do Curso

Avaliar implica na emissão de juízo de valor.

 

A avaliação do desempenho do aluno deve incluir não apenas os aspectos cognitivos, mas também os domínios afetivo e comportamental. Inclui quantificar o raciocínio crítico.

 

O Raciocínio Crítico envolve a compreensão de conceitos, fundamentos, princípios e mecanismos, uso dos métodos indutivo e dedutivo, e análise de evidências e inferências. Tudo isso mediante Aplicação do Conhecimento aprendido.

 

A avaliação visa detecção da aquisição de competências, ocorrerá de modo contínuo com Provas Presenciais e Testes via internet formais em pontos específicos ao longo do curso e oferecerá colaboração (no aprendizado) e retorno (feedback de erros e acertos).

 

O gabarito das provas serão disponibilizados no site do Curso às 20:00 h do dia em que a Prova for aplicada. Serão disponibilizadas Provas via internet e Provas Presenciais. 

 

Nossas provas são ferramentas de aprendizado, ou seja, muito de sua aprendizagem ocorrerá durante e após a realização das provas.

 

A média para lograr aprovação no Curso é 6,0 (seis), sem aproximação, a ser obtida ao longo das 4 (quatro) avaliações que serão levadas a efeito.

 

Cada Prova de Avaliação Presencial terá 100 (cem) questões tipo múltipla escolha, e deverá ser respondida no período máximo de 180 min.

 

Domínio Afetivo

O desenvolvimento de atitudes que expressem um Comportamento profissional faz parte de nosso Projeto de Curso. A Postura Verbal e Não-Verbal dos Profissionais de Saúde representam etapas importantes no Processo Assistencial.

 

É essencial na relação entre os Profissionais de Saúde e seus pacientes, familiares, imprensa e comunidade leiga em geral. É preciso Grandeza Pessoal no Relacionamento com os valores pessoais dos pacientes, muitas vezes bem diferentes dos valores do Profissional de Saúde - nem por isso, menos importante.

 

Alguns desses atributos são:

Respeito

Responsabilidade

Capacidade de Comunicação

Capacidade de Auto-avaliação

Estas áreas são abordadas em vários momentos do curso.

O objetivo é fazer com que o acadêmico perceba o impacto de seu comportamento para as outras pessoas. E que compreenda que esta é uma forma poderosa de Poder. 

 

Os componentes mais importantes são:

 

Respeito

Permitir que outros expressem opinião diversa da sua

Ser capaz de dar informações sem ser arrogante de seu saber

Aceitar valores morais diferentes dos seus

Ser capaz de reconhecer as contribuições e realizações dos outros

Ser capaz de pedir desculpas quando isso é necessário

 

Comunicação

Falar diretamente e com clareza idéias e informações

Saber escolher as palavras corretas para se fazer entender por todos

Ter coerência entre comportamentos verbais e não-verbais (solicitar que todos cheguem a um encontro no horário combinado e dar o exemplo)

Saber reconhecer a comunicação não-verbal do grupo

Coerência entre discurso e prática (evitar o "façam o que eu digo e não o que eu faço")

 

Responsabilidade

Ser pontual ou notificar eventuais faltas ou atrasos

Ser capaz de completar as tarefas (não se limitar a iniciar várias sem preocupação com o cumprimento delas) e saber negociar quando não puder cumpri-las no prazo determinado

Distinguir informação relevante em meio às irrelevantes (em geral mais numerosas)

Identificar seu estado físico e mental

 

Auto-avaliação

Reconhecer dificuldade própria de compreensão ou falta de conhecimento (desinformação)

Identificar as próprias qualidades, exaltando-as sem ser arrogante

Identificar meios de corrigir deficiências e fraquezas

Responder às críticas sem tornar-se agressivo ou jogar a culpa nos outros

 

A Coordenação propõe-se a oferecer todo o suporte nas diversas etapas do curso, e isso inclui apoio cognitivo, informações, suporte psicológico ou auxílio em tarefas. ara tanto, é necessária intensa interação entre acadêmicos e Coordenação.

 

O objetivo é a facilitação da aprendizagem, estimulando o Pensamento Crítico, indicando fontes externas de informação, sintetizando informações e buscando individualizar o Plano de Estudos para cada aluno em particular.

 

          Retornar à Página Anterior              Vá para a Próxima Página